Avaliações GEO9

Avaliação
i

Correção do 1º teste de avaliação:

Grupo I

1.

c) O crescimento económico é um meio para atingir o desenvolvimento.

2.

a) Na quantidade de bens e serviços produzidos numa região ou país.

3.

d) A população que é multidimencionalmente pobre ajustada pela incidência e intensidade das privações.

4.

a) Cruza os dados sobre a mortalidade infantil, nutrição escolaridade e sobre o acesso a saneamento, eletricidade, alojamento e água potável.

Grupo II

1.

c) IDH elevado.

2.

d) Europa e Ásia Central; América Latina e Caraíbas; Ásia Oriental e Pacífico; Estados Árabes; Ásia do Sul; África Subsariana.

3.

a) Assistiu-se a um aumento do valor médio do nível de desenvolvimento, logo houve uma melhoria do nível de vida da população mundial.

4.

A região que apresentou, em 2018, o maior valor de IDH foi a Europa e Ásia Central.

5.

Os outros dois indicadores compostos, complementares ao IDH, são o Índice de Desigualdade de Género (IDG) e o Índice de Pobreza Multidimensional (IPM).

Grupo III

1.

1.1.

a) O investimento na educação é um pilar fundamental do crescimento económico e do desenvolvimento dos países.

b) O direito a uma habitação condigna faz parte de um padrão de vida digno, com bem-estar e qualidade de vida. No entanto, o crescimento muito acelerado das cidades alia-se à proliferação de bairros degradados, onde coexistem problemas sociais, maior insegurança e criminalidade.

c) O trabalho infantil continua a ser muito frequente, sobretudo em alguns países africanos e asiáticos o que compromete a sua educação.

d) A redução da taxa de mortalidade infantil depende dos cuidados básicos de higiene, assistência pré-natal e ao parto, alimentação da mãe e dos programas de vacinação.

2.

Comenta a afirmação:

O trabalho infantil é sinónimo de um futuro hipotecado.

O trabalho infantil leva a que as criaças não brinquem e não frequentem a escola. A falta de instrução leva a trabalhos mal renumerados e à baixa produtividade laboral (menor domínio técnico e tecnológico), tornando-se um ciclo vicioso que faz com que a população continue pouco instruída e não contribua de um modo mais eficaz para o desenvolvimento promissor do seu país. Além disso, impossibilita interromper o ciclo de pobreza.

3.

O tipo de obstáculo mencionado na questão anterior é um obstáculo social.

Grupo IV

1.

1.1.

A – Portugal;

B – Angola;

C – Arábia Saudita;

D – Mali.

1.2.

A – Portugal ⇒ 0,850 desenvolvimento humano muito elevado;

B – Angola ⇒ 0,574 desenvolvimento humano médio;

C – Arábia Saudita ⇒ 0,850 desenvolvimento humano muito elevado;

D – Mali ⇒ 0,427 desenvolvimento humano baixo.

1.3.

Países Desenvolvidos ⇒ Portugal;

Países Em Desenvolvimento ⇒ Angola, Arábia Saudita e Mali.

1.4.

O indicador em falta é os Anos de Escolaridade Esperados (AEE).

1.5.

O país que embora apresente um IDH muito elevado não é considerado um país desenvolvido é a Arábia Saudita.