Avaliações GEO-8

Avaliações GEO-8

 

i

O que se pretende avaliar:

1. Sobre os diferentes indicadores demográficos (pág. 07-09):

a) Explicar a importância dos recenseamentos gerais da população para a Geografia e o ordenamento do território.

b) Definir indicadores:

- Demografia;

- Natalidade (N);

- Mortalidade (M);

- Crescimento natural (CN);

- Crescimento real ou efetivo (CE);

- Taxa bruta de natalidade (TBN);

- Taxa bruta de mortalidade (TBM);

- Taxa de mortalidade infantil (TMI);

- Taxa de crescimento natural (TCN);

- Taxa de crescimento efetivo (TCE);

- Índice sintético de fecundidade (ISF);

- Índice de renovação das gerações;

- Índice de envelhecimento (IE);

- Esperança média de vida à nascença (EMV);

- Migração;

- Saldo migratório (SM).

2. Sobre aplicar o conhecimento de conceitos para determinar indicadores demográficos (pág. 09-13):

a) Calcular apresentando as quatro etapas (1ª - fórmula; 2ª - substituir a fórmula por valores; 3ª - efetuar os cálculos; 4ª - dar uma resposta onde deve constar o ano; o país/região; o resultado obtido e o seu significado):

- Crescimento natural (CN);

- Crescimento real ou efetivo (CE);

- Taxa bruta de natalidade (TBN);

- Taxa bruta de mortalidade (TBM);

- Taxa de mortalidade infantil (TMI);

- Taxa de crescimento natural (TCN);

- Taxa de crescimento efetivo (TCE);

- Índice sintético de fecundidade (ISF);

- Saldo migratório (SM).

b) Explicar o significado dos resultados obtidos através do cálculo de indicadores demográficos, refletindo sobre as respetivas implicações do ponto de vista demográfico.

3. Sobre a evolução demográfica mundial (pág. 14-23):

a) Descrever a evolução da população a nível mundial, a partir da leitura de gráficos.

b) Distinguir regime demográfico primitivo de transição demográfica, explosão demográfica e regime demográfico moderno.

c) Comparar a evolução da população em países com diferentes graus de desenvolvimento.

d) Explicar a evolução das taxas de natalidade e mortalidade, e de outros indicadores demográficos, em países com diferentes graus de desenvolvimento.

e) Problematizar as consequências da desigual evolução demográfica em países com diferentes graus de desenvolvimento.

f) Explicar o impacte dos diferentes regimes demográficos no desenvolvimento sustentável mundial.

4. Sobre a representação da estrutura etária da população e compreender a adoção de diferentes políticas demográficas (pág. 24-28):

a) Caraterizar a estrutura etária da população a partir de pirâmides etárias de diferentes países.

b) Identificar fatores que interferem na evolução da composição da população por grupos etários e sexo.

c) Discutir as consequências da evolução da composição da população por grupos etários e sexo, assim como a necessidade de um ajustamento permanente entre os comportamentos demográficos e os recursos disponíveis.

5. Sobre a diversidade demográfica em Portugal, através da análise de pirâmides etárias (pág. 29-31):

a) Comparar, com recurso a pirâmides etárias, a evolução da estrutura etária da população em Portugal nas últimas décadas.

b) Comparar as realidades demográficas regionais em Portugal.

6. Sobre a implementação de políticas demográficas tendo em consideração a realidade demográfica de um país (pág. 32-37):

a) Distinguir políticas antinatalistas de políticas natalistas, enumerando medidas que promovam o aumento e a diminuição da natalidade.

b) Referir exemplos de países onde são implementadas políticas natalistas e políticas antinatalistas.

c) Discutir as políticas demográficas implementadas e a implementar em Portugal em função da sua realidade demográfica.